Porque o Instagram ocultou a quantidade de likes?

Quem nunca publicou algo em uma rede social e recebeu 1 ou 2 likes mesmo sabendo que o conteúdo era muito bom? E então, rolando o feed de notícias, você vê um simples “Bom Dia” de outro autor, com centenas de curtidas?

Situações assim deixaram muitos usuários deprimidos, insatisfeitos com suas vidas e tremendamente desestimulados a viver a vida real. O Instagram Team viu isso (palmas) e tomou uma providência que deixaremos para vocês dizer se foi boa ou não. Provavelmente essa nova conduta inibirá a compra de curtidas e estimulará a curadoria de conteúdos. Pessoas postarão mais e serão mais ativos na plataforma, compartilhando pedaços de suas vidas, mesmo que não sejam a lá “Maldivas Mood”.

Sentimos já uma alteração no feed e nos perfis de algumas pessoas. Passamos a ver menos desse tipo de conteúdo:

E mais posts da vida real, como esse abaixo por exemplo:

Foto bonita, mas possível.

Mas, e os seguidores?

Pois é, as empresas querem ver números em algum lugar e agora o que vai ditar qual o melhor “Influencer” para uma campanha é quantidade de seguidores, o que é perigoso já que é possível fazer a compra de seguidores. Sem os dados visíveis de engajamento, não temos como medir a taxa de engajamento o que dificulta ainda mais a análise de métricas para as empresas.

Agora, pensando pelo lado do Instagram, nos perguntamos: mas o que a rede social ganha com isso?

Bom, em um mundo onde algumas pessoas têm vidas perfeitas e inalcançáveis e a maior parte não consegue chegar lá, a tendência é que haja uma evasão de usuários da plataforma já que, pessoas normais não querem ficar sofrendo deliberadamente para sempre. Isso seria o fim da rede social e o Instagram seria o próximo Orkut (millenials, caso vocês não saibam o que é isso, cliquem aqui).

Até o momento 6 países já estão com essa novidade ativa, além do Brasil. Irlanda, Itália, Japão, Austrália, Nova Zelândia e Canadá foram os primeiros a entrarem nesse novo modelo e acho que a tendência é que isso se espalhe em muitos, senão todos, os países… Estamos só de olho para contar para vocês!

E queremos saber dos nossos leitores: vocês gostaram ou não? Alterou de alguma forma na vida de vocês? Estão postando mais ou não fez diferença? Vocês acham que acontecerão mudanças no comportamento dos usuários? Que o conteúdo vai novamente sobrepor aos números?

Comentem! Estamos interessados em ver o impacto social que essa novidade causou na prática!

Posted in Conceitos

Valeria Martins View posts by Valeria Martins

Bacharel em Administração de Empresas - enfoque em Iniciativas de Economia do Acesso; com experiência em Marketing Digital, Administração de Projetos e Curadoria. BA in Business Administration - focus on Access Economy Endeavors; experienced in digital marketing, Project Management and Curatory.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *